LORIGA

Nasci numa pequena terra chamada Loriga, situada a 770 m de altitude na Beira alta ao meio da maravilhosa e luzente Serra da Estrela. É uma localidade muito pitoresca, situada num vale e circundada de montanhas que encantam os nossos olhos pela a sua beleza tanto ela é rara: coberta de pinheiros, salpicada de castanheiros, mimosas, giestas, urzes e outras plantas serranas. Uma fauna e flora espectaculares!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Abóboras

É a época das abóboras, aproveitei para fazer sopa com uma das três que nasceram no meu jardim:


Sopa à minha maneira:

  • 1/2 abóbora (pequena)
  • 4 batatas médias
  • 2 grandes cenouras
  • 3 alhos-porro (somente a parte verde)
  1. Tirar as pevides da abóbora e cortar em pedaços quadrados para descascar mais facilmente.
  2. Descascar as batatas e as cenouras e cortar em 2
  3. Cortar em pedaços de 1 cm (+ ou -), a parte verde dos alhos-porro ( somente as folhas mais tenras) mas quem quer pode meter a parte branca que também fica boa .
  4. Colocar os pedaços de abóbora, as batatas e as cenouras a cozer numa panela cheia de água com sal.
  5. Quando os legumes estão cozidos, tirar do lume e triturar tudo.
  6. Remeter ao lume e quando fervedura, deitar os alhos-porro para cozer . Provar se está bom de sal, deitar um pouco de azeite .

Opções com a cozedura dos legumes : massinhas,bocadinhos de chouriço, toucinho, entremeada fumada etc.


Esta sopa foi inventada por mim, mas todavia ficou boa e meu esposo regalou-se com ela, bem que ele não seja de nossa cultura gastronómica, aprecia muitíssimo os comeres portugueses e as sopas!

Sem comentários: