LORIGA

Nasci numa pequena terra chamada Loriga, situada a 770 m de altitude na Beira alta ao meio da maravilhosa e luzente Serra da Estrela. É uma localidade muito pitoresca, situada num vale e circundada de montanhas que encantam os nossos olhos pela a sua beleza tanto ela é rara: coberta de pinheiros, salpicada de castanheiros, mimosas, giestas, urzes e outras plantas serranas. Uma fauna e flora espectaculares!

sábado, 20 de novembro de 2010

Final

Família Pinto e Antonio-Tamba, ficamos muito tocados por suas expressões de compaixão, simpatia , amor e apoio na dor que foi nossa nestes momentos dolorosos, depois da morte de meu esposo Georges muito amado .
Com todo o nosso carinho agradecemos muito sinceramente e asseguramos-lhes amizade e reconhecimento.
Bem hajam.
Dulce

Homenagem dos primitos
Maëlys
Thomas
Benjamin
Jamil
Mariana

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Pena imensa

Hoje deixo este meu blogue, por quanto tempo, não sei; já não tenho nem força nem coragem de continuar...tinha tanta coisa a amostrar...até um dia, e obrigada por tudo.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Blin & Blin



No dia 16 de Outubro reabriu o museu em Elbeuf sur Seine em novas instalações. A primeira particularidade deste museu é que mudou-se para dentro dos antigos muros da empresa Blin & Blin, empresa de lanifícios onde trabalharam os meus pais e o meu tio Beja até ela fechar em 1975 e a segunda é que arranjaram uma grande sala dedicada unicamente a esta empresa incluindo as máquinas para tecelagem, etc. O museu está lindo mas há la tanta coisa a ver que tivemos unicamente tempo para ver a secção das máquinas. E não pagamos nada, é gratuito.
Isto seria um bom exemplo para Loriga, onde tanta fabrica de lanificios está condenada a ruínas.

"Fundada em 1827 em Bischwiller nos Bas-Rhin, a empresa Blin estabeleceu-se em Elbeuf em 1871. Blin, pai e filho, constroem uma nova fábrica no Sul da cidade. Funcional e mecanizada até aos extremos, esta "fabrica-modelo " conta até 2000 trabalhadores em 1922. Ela produz tecidos principalmente de lã cardada de renome internacional: panos para uniformes, panos de cores lisas e novidades...
A conjunção de vários factores, incluindo inadaptação para novas condições de mercado tem levado ao encerramento da fábrica em 1975.
A fabrica Blin Blin foi convertida em habitação e equipamentos públicos em 1983."
(fonte câmara municipal d'Elbeuf)

Aqui neste sitio, estão reportoriados todos lanifícios que Elbeuf contou no passado e outros monumentos que contribuiram à historia da cidade para hoje em dia não haver trabalho.: http://chateau.rochefort.free.fr/patrimoine/seine-maritime/elbeuf.php

(Clicar para ampliar fotos)

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Andamento do tic-tac

A vida continua, apesar das armadilhas que nos cria.
Avançar é a nossa sobrevivência, a esperança é o nosso diário e viver o nosso objectivo.
Viva a vida! Conservá-la é viver.

sábado, 4 de setembro de 2010

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Descanso em "Tempo"

♬ •♩ ·.·´¯`·.·♭•♪ ♪ •♭·.·´¯`·.·♩ •♬
..♩.¸¸♬´¯`♬.¸¸¤¤¸¸.♬´¯`♬¸¸.♩..

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Mãe,pai e filha

A esquerda, a minha bisavó Maria do Carmo de Moura Pina, mãe da minha avó materna Maria dos Anjos de Moura . A direita é uma das filha, a Floripes , minha tia avó. Meu bisavô, marido de Maria do Carmo de Moura Pina, pai da minha avó materna, Alfredo Pinto Luís.

domingo, 15 de agosto de 2010

Pipocas

O pipoqueiro no seu carrinho de pipocas em Seia

e um outro em Lisboa


CANÇÃO DAS PIPOCAS

Uma pipoca pulando na panela
E uma outra vai com ela conversar
E é um tal de tremendo falatório
Que ninguém consegue escutar
E é um tal de ploc ploc ploc
Ploc ploc ploc
Ploc ploc ploc
2 - 3 - 4 - 5

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Moda para homens portugueses

Em Portugal existe uma moda masculina, certo mais para gente já duma certa idade mas que é, aos meus olhos marcante e típica portuguesa e que no estrangeiro podemos reconhecer um compatriota vestido assim:
1-com as famosas camisas de manga curta feitas com tecido fino liso, as risquinhas e também ,coisa mais frequente, de xadrez. As cores são variadas mas a tendência puxa mais para o azul ou o bege.
2-e a não meno famosa Boina , boinas "portuguesas"de inverno e boinas de verão, tecido fino , de lã, com tecidos lisos ou de xadrez, em tweed...
3-os sapatinhos "Mocassim"pretos ou castanhos de couro ou as vezes em tecido bege clarinho "à brasileira"
Há para todos os gostos!
Na feira de Seia podemos comprar estes artigos :
Boinas "portuguesas", feita com tecido liso ou xadrez.
Camisas de manga curta típica portuguesa , xadrez ou as risquinhas.
"Mocassim" sim senhor!
Moda masculina "tuga" para sexagenários e mais...

domingo, 1 de agosto de 2010

Ausência

Este ano meu esposo e eu temos muita pena de não poderemos participar as festas de Nossa Senhora da Guia.Infelizmente é uma ausência que não podemos evitar e justificada pelos tratamentos de quimioterapia de , meu marido. Terça feira vai ter a 9° cura e não sabemos quando isto acabará. É um combate de todos dias, um combate contra esta maldita doença, o câncer! Câncer primitivo de pulmão devido ao amianto contraída no trabalho. Mas a pesar do moral estar a zero certos dias, temos muita esperança e o nosso maior desejo é irmos mais vezes a Loriga juntos!

Queremos agradecer muito o Zé Fernandes por nos apoiar moralmente desde o início do nosso calvário, o Adelino Pina por se ter apercebido da nossa ausência e de ter perguntado por nós aos meus pais nestes dias de festa, agradecemos também o João Carreira pelas suas mensagens na minha pagina Facebook, agradecemos igualmente os nossos amigos e amigas: Nathalie e esposo Fabrice, Denise ( que teve o câncer do peito à 10 anos a trás e boa que ela está hoje) e esposo Michel, Dominique e esposa Sandrine ( que também luta contra o câncer do peito desde 2009 e que tudo lhe está a correr bem),os nossos vizinhos os Srs Mongruel muito simpáticos ,agradecemos imensamente os meus familiares de Portugal e do Luxemburgo que nos apoiaram grandemente e um grande OBRIGADO cheio de amor aos meus pais, irmão, primos de Brito, tia e família do , aqui em França, que nos acompanham quase diariamente e sem os quais teríamos mais dificuldades a continuar a vida... nós dois vos amamos por tudo que fazem por nós. E da minha parte, eu Dulce, nunca vou ter o suficiente de uma vida para vos agradecer de tudo!
São momentos muito difíceis, tenho medo pelo futuro...

Agradeço igualmente todas as pessoas que tem a amabilidade de seguir o meu blog e perdão se tenho andado pouco por cá.
Deixo aqui uma playlist da procissão de Nossa Senhora da Guia de 2008
*

sábado, 24 de julho de 2010

Na brasa

Frangos no churrasco na feira das quartas feiras em Seia
Frangos a assar na brasa, hoje vamos comprar um frango no churrasco no restaurante "Au poulet grillé".

Agrandir le plan
Em Moscavide, existe o rei dos frangos, é uma delicia! "Casa dos frangos de Moscavide"

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Covão da Ametade


Convite a passear num verdejante e sensacional parque natural onde passa o rio Zêzere, o Covão da Ametede. Maravilhosa diversidade de espécies naturais que nos leva a um outro universo tão diferente do usual pinheiro da nossa Serra da Estrela. Espetacular!
Mas para continuar a desfrutar deste paraíso, é preciso respeitar a natureza. Coloque o lixo nos recipientes instalados para o efeito e não acender fogo de qualquer maneira , churrasqueiras foram construídas especialmente para isso!
Respeitar e amar a natureza é amar e respeitar a si mesmo.

Vidoeiros
Vários fungos

segunda-feira, 28 de junho de 2010

terça-feira, 15 de junho de 2010

Canção de Loriga



Canção de Loriga

Loriga escuta teus filhos
Que te querem visitar
Com canções e estribilhos
Que te querem vir saudar

São saudades dos ausentes
Que sempre recebes bem
Que te trazem como presentes
Saudações de Sacavém

Coro
Loriga, é tão linda a nossa terra
Loriga, não há para nós outra igual
Loriga, és a estrela da serra
Mais linda de Portugal

Esta voz que nos anima
É para nós nosso querer
Em cada verso, um rima
Para cantar-te até morrer

Querida terra tão amada
És toda a nossa paixão
És por Deus abençoada
Loriga do coração

Canção cantada pelo Rancho Folclore dos Naturais de Loriga em 1952
(canção tirada de http://www.loriga.de/index3.htm )