LORIGA

Nasci numa pequena terra chamada Loriga, situada a 770 m de altitude na Beira alta ao meio da maravilhosa e luzente Serra da Estrela. É uma localidade muito pitoresca, situada num vale e circundada de montanhas que encantam os nossos olhos pela a sua beleza tanto ela é rara: coberta de pinheiros, salpicada de castanheiros, mimosas, giestas, urzes e outras plantas serranas. Uma fauna e flora espectaculares!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Nunca mais nós veremos ...

Já la vão hoje três meses...


Loriga
(João Morgado)

Loriga, terra de encantos,
terra de prantos,
de amigos aos molhos,
que humedecem meu olhos.

Nos verões da Serra,
o calor da terra,
que no Inverno que berra,
num manto branco se encerra.

Aquelas águas...
espinhos e fragas ,
que adornam a paisagem

aquecem os sonhos,
dos dias medonhos,
dando-lhe nova imagem.

2 comentários:

emanuel disse...

A morte dos nossos entes queridos vem-nos à memória retalhos ,a morte dos nossos entes queridos levam pedaços de nos,a vida continua mas a dor persiste ,que DEUS ilumine sempre a sua vida um abraço

emanuel disse...

MUITO LINDO O POEMA FAZ TRESPASSAR A BELEZA DA NOSSA TERRA ENALTECENDO-A