LORIGA

Nasci numa pequena terra chamada Loriga, situada a 770 m de altitude na Beira alta ao meio da maravilhosa e luzente Serra da Estrela. É uma localidade muito pitoresca, situada num vale e circundada de montanhas que encantam os nossos olhos pela a sua beleza tanto ela é rara: coberta de pinheiros, salpicada de castanheiros, mimosas, giestas, urzes e outras plantas serranas. Uma fauna e flora espectaculares!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

As minhas meninas

Nostalgia destes meus momentos
Nostalgia desta minha infância esquecida
Nostalgia desta inocência que era minha
Nostalgia que não me faz esquecer estes meus sofrimentos



Emanuel disse... Querida amiga como a nostalgia nos faz lembrar de tantos momentos na nossa infância a inconsciência o sonho da felicidade longínqua de uma idade perdida numa busca incessante do desejo de esperança de um futuro melhor.Quantas vezes nos perdemos a nossa identidade porque a nossa consciência nos faz refletir no absurdo da nossa existência ,ontem o que era sinceridade se tornou fingimento e que era sonho se tornou realidade pois tudo se tornou em emoções solidão, tédio, angústia, frustração,mas essa a vida de um ser humano que busca no passado soluções que apenas atenuam a dor no presente .Mas quando se e criança tudo e fácil preenchidos por dias de brincadeiras e noites de sonhos com o passar do tempo crescemos o tempo cada vez fica mais escasso as responsabilidades crescem e aí que sentimos saudades da infância e invade-nos aquela nostalgia e nos assusta como foi tão rápido chegar a adulto e pensarmos que ainda ontem brincávamos hoje tudo mudou o mundo se transformou o sonho se tornou realidade hoje nos tornamos adultos que tantas vezes o sonhamos ser.

Que mundo ingrato este que nos tira o sonho e nos deixa apenas a saudade de recordar momentos esses que ninguém nos pode tirar .Felicidades amiga que encontres o que procuras nas tuas memorias de menina e que te faça atenuar esse sofrimento ,bjs

2 comentários:

emanuel disse...

Querida amiga como a nostalgia nos faz lembrar de tantos momentos na nossa infancia a inconsciencia o sonho da felicidade longinqua de uma idade perdida numa busca incessante do desejo de esperança de um futuro melhor.Quantas vezes nos perdemos a nossa identidade porque a nosa consciencia nos faz refletir no absurdo da nossa existencia ,ontem o que era sinceridade se tornou fingimento e que era sonho se tornou realidade pois tudo se tornou em emoçoes solidão, tédio, angústia, frustração,mas essa a vida de um ser humano que busca no passado soluçoes que apenas atenuam a dor no presente .Mas quando se e criança tudo e facil preenchidos por dias de brincadeiras e noites de sonhos com o passar do tempo crescemos o tempo cada vez fica mais escasso as responsabilidades crescem e aí que sentimos saudades da infância e invade-nos aquela nostalgia e nos asusta como foi tao rapido chegar a adulto e pensarmos que ainda ontem brincavamos hoje tudo mudou o mundo se tranformou o sonho se tornou realidade hoje nos tornamos adultos que tantas vezes o sonhamos ser.
Que mundo ingrato este que nos tira o sonho e nos deixa apenas a saudade de recordar momentos esses que ninguem nos pode tirar .Felicidades amiga que encontres o que procuras nas tuas memorias de menina e que te faça atenuar esse sofrimento ,bjs

Fernando Melo disse...

Temos que continuar,recordar sempre, mas continuar.